Pesquisa mostra que consumo de café aumenta a produtividade

Consumo de café aumenta a produtividade

Numa recente pesquisa promovida pelas empresas Dunkin’ Donuts (comercialização de café e produtos de panificação) e pela CareerBuilder (fornecedora de soluções de recursos humanos), foram divulgadas as classes profissionais que mais ingerem café no local de trabalho.

Na lista das dez que mais ingerem café no local de trabalho, os trabalhadores do setor alimentar e de serviços ocupam a posição cimeira, seguidos dos cientistas e representantes de vendas. Nas posições seguintes, aparecem os profissionais de marketing/relações públicas, os enfermeiros, editores/escritores/trabalhadores de media, executivos, os professores/instrutores, técnicos de engenharia/pessoal de apoio e, por último, IT managers/ administradores de network.

Entre as principais evidências da pesquisa, os resultados demonstram que o café assume um papel decisivo no local de trabalho, ajudando a manter o estado de vigilância e o entusiasmo laboral dos funcionários, sendo que, no geral, 43% dos que consomem café alegam ser menos produtivos se não tomarem uma chávena de café. 47% das muheres trabalhadoras declaram ser menos produtivas sem café, comparativamente aos 40% do grupo masculino.

De acordo com a pesquisa, realizada junto de mais de 4000 trabalhadores nos EUA, aquando do Dia Nacional do Café (29 de setembro), 63% dos empregados que bebem café consomem, atualmente, dois copos ou mais por cada dia de trabalho, enquanto 28% bebem três ou mais copos.

A maioria dos jovens trabalhadores necessita de café para repor energia e motivação. 62% dos trabalhadores com idades compreendidas entre os 18 e os 24 anos referem ser menos produtivos sem café, com 58% dos trabalhadores com idades entre os 25 e os 34 a reiterarem a mesma posição.

Com inúmeros benefícios sociais, a implementação de serviços de café em empresas é uma excelente solução para impulsionar a produtividade laboral. Para além dos reconhecidos efeitos físicos, o consumo de café promove a sociabilização e o convívio entre colegas nos momentos de pausa, o networking e o despoletar de novas ideias.

Fonte: HostelVending – Portugal

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.